Monster Wonderland
O Planeta Terra roda devagar
Sunday, 31 January 2010


Os dias vão passando lentamente, como que se de tormentos se tratassem. A ânsia de te tocar e de te olhar  nos olhos mais uma vez é terrivelmente presente, terrivelmente avassaladora. O sentimento é feérico e onírico, digno de qualquer conto de fadas, daqueles que rechearam a nossa infância, que nos faziam a nossa imaginação contorcer-se e voar por entre caminhos infinitos, por entre mundos escondidos, onde a inocência e a pureza eram de facto a core de todo o nosso ser.
Mostraste-me o que felicidade significa, que amor verdadeiro e incondicional existe, que a distancia é ultrapassável, que o nosso elo é muito mais magnífico do que eu jamais esperaria.
Assim, a Terra vai rodando devagar, mas o que sinto por ti mantém-se inalterável.

Labels: , ,


05:18 1 Comments
O Rafael anda preenchido!
Thursday, 28 January 2010


O Rafael anda ocupado, pois é.
Ora então, namorado preenche-lhe o coração, a mãe e o pai preenchem-lhe o juízo, os amigos preenchem-lhe as tardes e a escola preenche-lhe a paciência...
Das duas três, como diria o primo dele, ou as férias vêm depressa ou alguém aqui vai ter um nervous breakdown.
Não é que o Rafael fartou-se de estudar para matemática, como é óbvio o teste de hoje à tarde correu-lhe que foi uma maravilha... Sarcasmo? MUITO.
Depois o namorado diz-lhe:
- Eu avisei-te, tu devias ter estudado mais e passado menos tempo comigo ao telemóvel! - O que ele não percebe é que o namorado é mais do que um vício e que o Rafael está verdadeiramente apaixonado por ele, como nunca esteve e que provavelmente nunca mais terá um sentimento igualável para com mais ninguém.
Fora isso o Rafael anda bem, saudável e com bom apetite. Ah! E este fim de semana vai ter com o namorado outra vez.

Labels:


11:01 1 Comments
Sim, eu sou lamechas, mas contigo é diferente
Tuesday, 19 January 2010


Porque tudo o que sinto é real e tudo o que estou aqui a partilhar contigo não é mais do que aquilo que me vai no pensamento e no coração.
Apareceste do nada como aparição mas tornaste-te presente e essencial. És aquele que me faz sorrir e que faz querer se melhor pessoa.
O sentimento foi crescendo de maneira furiosa e tentadora, a tua natureza delicada e dedicada fazem-me sentir de uma forma que jamais alguém conseguiu ou conseguirá. A maneira como te exprimes dizendo tudo aquilo que sentes independentemente do facto de ser positivo ou negativo faz-me querer viver ao teu lado, ultrapassar as dificuldades contigo, gargalhar com as alegrias, viver o dia-a-dia a teu lado enaltecendo assim uma necessidade de ti que já existe.
A nossa vida já deu voltas e reviravoltas enquanto não nos conhecemos e apesar do passado, ao passado pertencer, o presente e o futuro têm o passado como alicerce por isso, tudo o que passou deve ficar guardado nos nossos corações, viveremos e iremos sentir-nos reminiscentes lado a lado de mão dada. Quero enfrentar as adversidades contigo, quero crescer e envelhecer com o teu odor e o teu toque, sem que o amor que nutro por ti cesse mas sim que se intensifique e tenho a certeza que isso é exactamente o que irá acontecer.
Fico triste por este dia acabar mas ao mesmo tempo fico contente porque um novo dia contigo como meu namorado, amigo e amante irá nascer.
Apesar de a nossa vida não ser um conto de fadas tu aproximas a minha desse ideal; não existe príncipes encantados nem unicórnios branco imaculado, não existe flores cantarolantes nem animais com o dom da fala, contudo existes TU, que como ser imperfeito que és tornas o meu mundo perfeito virando-o ao contrário.
Já to disse inúmeras vezes, digo-to e volto a dizê-lo, amo-te Pedro, és o homem da minha vida e quero passa-la ao contigo tornando-me teu companheiro nesta caminhada .

Labels: ,


13:18 0 Comments
Portugal, país de religiosos.
Monday, 4 January 2010


(Antes de mais devo dizer que este post foi totalmente inspirado pela aula de Psicologia do Professor Torres)

 Portugal, país desenvolvido, economicamente estável e próspero (assim o dizem), com índice de desenvolvimento elevado e maioritariamente católico. 
Aparentemente Portugal parece um país ideal e diga-se que é de facto um país maravilhoso, cheio de história e tradição, onde grandes personalidades foram nascidas e criadas, um país de descobridores e aventureiros, um país de gente mesquinha e de falta de intelecto.
Apesar de nós portugueses,  ser-mos um povo acolhedor, que é devoto à sua família e aos princípios morais e éticos que nos foram transmitidos, a verdade é que tudo isso é apenas em teoria porque em prática nada disso acontece. Somos uns falsos religiosos (e apesar de não ser católico insiro-me na categoria) que dizem que fazem e desfazem, que condenam e que apontam o dedo sem ter-mos o menor insight daquilo que criticamos. Todos têm direito à sua opinião e é bom que assim seja mas quando fazemos com que essa opinião se torne pública devemos ter o mínimo de consciência e o mínimo de seriedade. 
O povo português, sendo um povo mediterrânico, é um povo caloroso e um povo extremamente aberto mas apenas em certos aspectos. Casamento gay? Ultraje! Salas de Chuto? Que é isso?! Legalização do Aborto? Mas isto é o quê? A República das Bananas?
"Vamos fazer um CAT (Centro de Atendimento a Toxicodependentes)", a população aderiu em massa, aplaudiam e críticas excelentes apareceram nos jornais locais. O problema veio quando foi necessária a escolha do local onde este seria colocado. Uns queixavam-se que não poderia ser feito junto a  uma área residencial uma vez que iria diminuir o valor das casas circundantes outros de que não poderia ser feito num local isolado uma vez que não deveria ser visto como um local discriminatório... Enfim, "olha para o teu umbigo antes de olhares para o dos outros".
Portugal, país de lendas, país de palhaços.


11:51 0 Comments
Segundo Período, Hurray!
Sunday, 3 January 2010


Sim é amanhã, a tortura começa.Voltar a ver a Professora Deolinda Sá e a Professora Lúcia Matos é sempre motivo de alegria. Não pelas professoras em si porque diga-se que são pessoas de extrema sensibilidade e simpatia mas sim pelas disciplinas que leccionam. Matemática e Química não são de todo o meu chá das cinco e não se aproximam minimamente do que preciso e quero fazer no futuro. Diga-mos que Jane Austen, OscarWilde, Shakespear e Marion Zimmer Bradley não têm muito em comum com inequações e com absorvâncias e resistências eléctricas.
A minha paixão sempre foram a literatura e as artes e numa idade muito jovem onde se esta extremamente exposto a pressões tanto familiares como dos pares Ciências e Tecnologias apareceu como uma escapatória e como uma forma de agradar quem eu estimava. Agora, arrependo-me da escolha, arrependo-me solenemente da escolha. Mas o que está feito, está feito. Só faltam seis meses, depois a ansia para saber se entramos na faculdade e voltamos ao mesmo ramram de sempre.

Labels: ,


05:17 0 Comments
Resoluções de ano novo.... Quer dizer, mais ó menos
Friday, 1 January 2010


Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um.... FELIZ ANO NOVO!

A passagem de ano não tem, nem nunca teve, grande significado para mim. Sempre foi mais uma razão para juntar os amigos, dizer umas piadas e beber umas vodkas.

A ideia de que um novo ano começou e o que está para trás ao passado pertence não é propriamente real e de facto, quem se agarra a essa crença está deveras enganado. Outra situação com a qual me delicio são as resoluções de ano novo: "Vou emagrecer, vou deixar de fumar e vou realizar todos os meus sonhos" a verdade é que como ser humano que somos passados três dias de termos dito alto e bom som e com as letras todas vamos deixar essas resoluções de lado e voltaremos à nossa rotina, monótona e desapaixonada. Todavia, não olho para esses desejos como algo de mau e de impossível de alcançar, sonhar também faz parte da condição humana e tenho a certeza que existe muita gente por esse mundo fora que provavelmente irão atingir os objectivos a que se propuseram.

Deixo que estiver a ler (será que alguém lê isto?) com as minhas, (sim porque eu também sou humano e também tenho desejos, esquisito, verdade?): Subir a minha média, entrar no Porto na faculdade e ser feliz, sendo a última a mais importante e a mais relevante.

Labels: , ,


05:11 1 Comments
&Monster

❤ Rafael Braz.


&Soundtrack



&links

hi5
twitter
formspring

&silly life

December 2009

January 2010

February 2010

March 2010


&follow


&big thankyou

This skin was entirely made by vintage.veggie. Resources used have been credited, strictly no touching any of the credits. Basecodes were done by me as well.

x x x

thanks to zé marta.